Já sentiu que aquele post não engajou nadinha? É bem mais comum do que você imagina! Por isso, separamos algumas atitudes que devem ser evitadas na hora de publicar seu conteúdo.

Primeiro vamos definir alguns conceitos.

Atualmente o Instagram é uma das maiores ferramentas de marketing disponíveis no mercado.  Isso porque a plataforma é simples, acessível e bastante popular. É cada vez mais comum a criação de perfis para empresas, marcas, e  produção de conteúdo.  E com o aumento significativo de pessoas utilizando o Instagram para trabalhar, a rede social desenvolveu alguns recursos direcionados para esse público.

Dentro da plataforma, você pode categorizar o seu perfil (definir se é pessoal, ou para sua empresa/marca e setar seu segmento, dentro das opções disponibilizadas), adicionar links de contato, como telefones e emails, adicionar uma loja, e até mesmo criar um canal de vídeos (IGTV).

A plataforma oferece ainda informações sobre a atividade da sua conta. Por exemplo: Interações, alcance, e impressões. É bastante comum haver dúvidas na hora de entender a utilidade de cada uma, e por isso, faremos um rápido resumo sobre o que são.

O Instagram gera um relatório de cada post contendo informações sobre seu engajamento, ou seja, as interações que os usuários realizam com você e seu conteúdo: curtidas, visitas, comentários, compartilhamentos, etc. (É importante ressaltar que esse recurso só está disponível para contas categorizadas como comerciais ou figuras públicas). Para ter acesso a esse relatório basta clicar em “ver informações” na parte inferior da imagem publicada.

Ao clicar nesse botão, aparecem os números de impressões obtidas no seu post. Entre elas,o número de interações, que segundo o próprio Instagram são: “As ações que as pessoas executam quando se engajam com sua publicação.”Ou seja, ações que as pessoas realizaram a partir daquela publicação, curtidas, comentários, e o número de visitas ao seu perfil. Em seguida, apresenta o item descoberta, que indica o número de contas alcançadas, entre seguidores e não seguidores. Nesse campo, o Instagram também mostra o alcance, que é“o número de contas únicas que viram sua publicação” (definição do Instagram). Ou seja, o número de pessoas que entraram em contato com a publicação, sem contabilizar se a mesma conta viu o post mais de uma vez. E por último, as impressões, que é basicamente a quantidade de vezes que o post foi visto, na página inicial, dentro do seu perfil, e no explorar, contabilizando as repetições de visualização de um mesmo usuário.

*É possível obter a definição de cada item clicando no símbolo “i” circulado ao lado de cada um. 

Essa métricas são extremamente importantes para você poder ter conhecimento do seu engajamento atual na rede, e estudar como é possível melhorá-lo. E para isso, é necessário atentar-se a algumas coisinhas na hora de montar sua estratégia digital.

  1. NÃO utilize muitas hashtags genéricas. Ao utilizar muitas hashtags, seu post pode ser entendido como spam, e também a utilização de muitas hashtags genéricas, pode fazer com que você passe despercebido no explorar, e assim, seu conteúdo será considerado como irrelevante para o Instagram.
  2. NÃO  fazer stories com frequência. A plataforma espera presença, e o storie é a melhor maneira de marcar presença na rede social. É possível postar fotos e vídeos rápidos que ficarão disponíveis por 24 horas. Por isso, seja bastante presente através dos stories.
  3. NÃO edite legendas após postar. Sempre revise os textos da imagem, e a legenda antes da postagem. Ao editar a legenda pouco tempo após a publicação o Instagram entende que havia erros.
  4. Postar em horários diferentes, ou não postar com frequência. Assim como dito anteriormente, o Instagram gosta de frequência, e se você não posta regularmente você será penalizado pelo algorítimo. E na hora de postar, é importante atentar-se aos horários em que seus seguidores estarão online. Você não deixaria sua loja abandonada no horário de maior movimento, não é mesmo? No Instagram funciona da mesma maneira. Se você sabe que 14hrs é a hora que tem mais seguidores online, é nessa hora que devem ser realizadas as postagens. Quando os primeiros usuários interagirem com seu post, ele será impulsionado para mais pessoas ativas naquele momento.
  5. Postar imagens sem resolução. A plataforma consegue identificar quando as imagens tem a qualidade baixa, e a penalizam por isso diminuindo o impulsionamento.
  6. Postar, apagar e repostar. Segue a mesma lógica das legendas, o Instagram entende que havia erro, e consequentemente seu engajamento irá cair. Por isso, sempre revise tudo antes de publicar.
  7. Não planejar seu conteúdo. O seu engajamento depende muito do conteúdo dos seus posts. E para isso, é fundamental a organização. Defina os temas que quer abordar aquela semana, ou faça um planejamento mensal. Ao final de cada semana ou mês, analise seus números, assim podendo trabalhar na melhoria da sua estratégia, identificando os conteúdos mais relevantes para seu público.
  8. Postar várias fotos seguidas. Frequência não é sinônimo de bombardeamento. Ao postar várias fotos seguidas o Instagram entende como spam, e penaliza suas publicações.
  9. Ignorar interações. O Instagram é uma rede social. Ou seja, as pessoas esperam desenvolver relacionamentos com quem seguem. Responda comentários, mensagens, elogios e críticas.

Sempre fique atento as atitudes que podem derrubar seu engajamento. E se você deseja aumentar sua presença nas redes sociais mas não tem tempo para se dedicar, procure uma agência que te entende!