Começaram nesta terça-feira (21) as ações de testagem em massa no Distrito Federal. No primeiro dia, já foram detectados 46 casos confirmados de Covid-19.

Foram realizados 3.196 testes em Águas Claras, e no Plano Piloto, cidades com maior incidência da doença na capital. As testagens aconteceram durante todo o dia, por sistema de drive thru, e por ordem de chegada. Para evitar aglomerações, os atendimentos aconteceram dentro dos veículos.

Primeiro, era feita a triagem de temperatura com câmeras térmicas, realizada pelo Corpo de Bombeiros, e em seguida a coleta da gota de sangue do usuário, similar aos exames de glicemia para diabéticos.

O resultado sai em 30 minutos, e é entregue logo após a aplicação. As pessoas que não apresentavam sintomas, não foram testadas.

Para aqueles que já apresentavam sintomas graves, era feito o swab, teste que coleta o material da garganta e nariz do paciente, enviado ao laboratório, e o resultado entregue em até 48 horas.

Aqueles que tinham a confirmação da infecção, e apresentavam sintomas graves, eram direcionados ao Hospital Regional da Asa Norte (HRAN).

O governador Ibaneis Rocha (MDB), explicou que a testagem em massa trará maior segurança, e possibilitará a determinação de medidas futuras.

A previsão é que 100 mil brasilienses façam o teste durante a primeira fase da mobilização, até 30 de abril. O Governo do Distrito Federal pretende testar até 450 mil habitantes até o fim de maio, que é a previsão para que o funcionamento local seja normalizado.

Como e onde fazer o teste?

Segundo o governador, a escolha dos locais para a montagem das ações se deu ao grande números de casos da doença nessas localidades, e que moradores de qualquer região podem realizar o exame.

A  recomendação é que a preferência seja para pessoas que convivem com idosos, e com pacientes com comorbidades, para evitar que assintomáticos levem a doença até eles. Mas ninguém está sendo proibido de fazer o teste. 

As testagens estão acontecendo de segunda a sexta, de 8h às 17h, no Estádio Mané Garrincha; estacionamentos 4,6,11, e 13 do Parque da cidade; Centro Universitário Unieuro, em Águas Claras; Centro Universitário Uniplan, em Águas Claras; e na Residência Oficial de Águas Claras, em sistema de drive thru, por ordem de chegada.