No último sábado (08 de fevereiro) completou 1 ano do incêndio no Ninho do Urubu onde 10 jovens promessas do clube morreram. O incêndio foi causado por um curto-circuito em um ar-condicionado.

Em uma entrevista ao programa No Mundo da Bola, do canal TV Brasil, Rodolfo Landim, atual presidente do Flamengo, falou que pretende resolver logo a questão das indenizações das famílias, porém disse que o clube não vai aceitar qualquer valor solicitado por ser um “absurdo”.

Vale ressaltar que o ano de 2019 foi um ano vitorioso para o clube, principalmente na questão financeira, o clube chegou a arrecadar 900 milhões e já declarou que a meta para esse ano é de 1 bilhão. Muitos críticos mencionaram que o Flamengo por ter grande força financeira já poderia ter acabado com essa “novela”, o mesmo dizem os familiares que ainda não entraram em acordo com o clube.

Percebe-se também que os jogadores atuais do clube também se envolveram com essa “briga”, em entrevistas vários jogadores citam que “nada vai tirar a nossa dor, nem dos familiares”.